sábado, 5 de julho de 2008

Dificil

PARTIDOS PEQUENOS TENTAM SOBREVIVÊNCIA
A discórdia geral entre a oposição afetou as pequenas agremiações que correm sem destino para tentarem a sobrevivência no embate proporcional. Contudo, existem esperanças remotas para que alguns desses consigam superar as adversidades. O PT parte com oito candidatos a vereador e com pouquissimas chances, já o PTB apesar de ter em seus quadros bons puxadores de votos enfrentará sérias dificuldades para eleger um dos seus. Enquanto que, o DEM apesar de sua pujança não detém força suficiente para eleger um ou mais vereadores. Já o PDT,PV e PCdoB apesar de unido se arrastam da mesma forma para eleger pelo menos um edil. Esse é o triste fim daqueles que não souberam ouvir e deixar as paixões partidárias de lado.
Com o nebuloso quadro quem ganha é o PR e PMDB onde deverão eleger cerca de sete vereadores.

Discórdia

OPOSIÇÃO SE DIVIDE E FORTALECE ALDIVON
A falta de sintonia entre a base de oposição ao prefeito Aldivon, divide as forças e fortalece a situação. Sem acordo os três candidatos partem para o embate tricotomizado e sem uma proposta que possa cooptar mais adeptos. Aldivon abraçou a maior parte das agremiações, somando sete partidos: PR, PMDB. PP, PCdoB, PDT, PSB e PV. Sua meta será mostrar suas ações desse curto mandato, fazendo com que os eleitores apostem na continuidade do trabalho.

Últimas postagens

 

Follow by Email