terça-feira, 28 de abril de 2009

Fiscalização

ORGÃOS DA SAÚDE SÃO INOPERANTES DIANTE DOS PROBLEMAS
A secretaria de saúde e os órgãos de fiscalização que cuidam da saúde, se é que existem por aqui, não dão a mínima para a imundice que se implantou no abatedouro e no lixão. No abate de animais a sujeira predomina com o sangue podre, a lama que se escorre afetando os moradores da rua São João. Sem qualquer higiene os marchantes são obrigados a conviver com o problema, pois inexiste qualquer fiscalização. Portanto, se alguém vier a adoecer por conta do consumo de carnes contagiada é culpa da prefeitura. Já no lixão, os porcos se alimentam de fezes do despejo ocasionado pelo limpa fossas, as pessoas que vivem do lixo, ficam apenas a observar tanta imundice. De nada adianta reclamar, os agentes de saúde, a câmara e o órgãos estão impotentes diante do descaso. BARAÚNA NÃO É MAIS AQUELA... lá,lá,lá...

Lixo

CIDADE SOFRE O DRAMA DO DESPREZO
Lixo, lama, buracos, mato e doenças por conta do desprezo a cidade vem torturando a população. Desde os primeiros dias da nova gestão, até aqui o prefeito não disse a que veio. Sem projetos e maior atenção a população, o povo fica ao Deus dará. Um caos que toma conta de todo município, seja na zona urbana ou rural. O atendimento a saúde é critico, desprezível e até desrespeitoso. Quem precisa dos serviços sabe do descaso. Agora é preciso que uma voz se levante para combater tantos absurdos.

domingo, 19 de abril de 2009

Lentidão

CÂMARA SE ARRASTA PARA APROVAR ASSUNTOS DE INTERESSE DA POPULAÇÃO
Com a realização das sessões apenas uma vez na semana, as matérias de interesse maior depende da celeridade da casa, só que a falta de quorum, ausência dos vereadores e picuinhas pessoais retardam os assuntos de maior relevância: PROJETOS, REQUERIMENTOS, ETC.
Para tanto, das sessões que foram realizadas neste ano, um total de oito, sendo que apenas cinco ocorreram normalmente.

Em alerta

PROFESSORES QUEREM CUMPRIMENTO DO PISO FUNDEB
Algumas dificuldades entre o SINDSERB e o PREFEITO Aldivon, alegando dificuldades vem resistindo em cumprir o reajuste merecido aos nossos professores. Agenil Felipe reluta para que haja entendimento sem prejudicar os alunos. Uma parada de advertência foi dada para que a Secretaria de Educação, Prefeito e SINDSERB cheguem ao consenso. Esperamos que prevaleça o diálogo.

sábado, 4 de abril de 2009

Reação

POPULAÇÃO IGNORA A FORMA DE VETAR SESSÕES
Qualquer assunto que venha de encontro aos interesses e a popularidade de Aldivon, ele vai tentar esfriar as discussões na Câmara, já que detém a maioria dos vereadores. Assim fez na ultima quinta feira, inclusive já são duas sessões em que a população é vetada de assistir os debates. Do ponto de vista da maioria essa forma envergonha á todos, pois naquela casa é o lugar de discutir os problemas de Baraúna, e se não for assim, de nada adianta ter vereadores no poder.

Radical

MARQUINHOS DETONA CONTRA PREFEITO
Por não aceitar a decisão do prefeito rescindir o contrato de 140 casas, o vereador presidente do Legislativo, Marquinhos Churrasco, não tem poupado criticas contra Aldivon Nascimento. Há declarou via imprensa que não segue mais com o prefeito, embora admita que não irá boicotar matérias do executivo, todos esperam pra ver o que vai rolar agora com dois edis na oposição.

Descaso

EDUCAÇÃO NÃO PRIORIZA ESCOLAS DA ZONA RURAL
Se em toda região rural de Baraúna estiver igual a zona norte onde as escolas estão em completo abandono, podemos dizer seguramente que a Educação é um descaso total. A visita em que a comissão de vereadores constatou o desprezo da prefeitura com as unidades de ensino. Sem cadeiras, sem merenda, sem auxiliares, sem conforto e sem nada de atenção é o que vive os alunos da zona rural, até os que precisam se deslocar para sede do município sofrem com as péssimas condições das estradas e dos transportes... É preciso uma ação enérgica por parte da secretaria de Educação. Um relatório deve ser encaminhado atraves dos vereadores Edson Barbosa(PV), Flávio Matias, Marcos Rosado e Nerivan Cláudio(PR).

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Boicote

ALDIVON FAZ RETALIAÇÃO CONTRA PRESIDENTE
Em pé de guerra com o legislativo o prefeito Aldivon Nascimento(PR), declara guerra contra o presidente da casa Marquinhos Churrasco. Ao tomar conhecimento de que o presidente iria trazer uma comissão de moradores de vertentes e juremal prejudicados com a recusa da assinatura no projeto de 140 casas adquiridas via Marquinhos. Ao prefeito caberia a contra partida de R$ 210 mil. A decisão de Aldivon criou um mal estar entre os dois poderes ao ponto de solicitar a cada um de seus aliados não comparecerem a sessão de hoje. O boicote contou com a presença de apenas Edson Barbosa e o próprio.

Últimas postagens

 

Follow by Email