quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Na UTI

PREFEITURA AGONIZANDO EM SEUS MOMENTOS FINAIS
Durante  a gestão da prefeita Luciana Oliveira(PMDB), considerada a pior de todos os tempos, o município vive seus momentos de agonia, a gestão travada, sem perspectiva de mudança ou melhora, falta tudo e o pior, vontade politica pra mudar esse quadro.
Só este ano a prefeitura registrou desgastes irreparáveis, atraso de contratados e comissionados, subtraiu vantagens e direitos dos servidores, desestimulo total aos efetivos e a falta de atenção aos serviços básicos que é o minimo que o povo espera.
Não tem saída, a prefeita vive em areia movediça,  quanto mais mexe mais se afunda.
A fiscalização do Ministério Público é intensa e visa descobrir todo o lixo debaixo das entranhas desse poder. A inquietação de uma possível saída do cargo por improbidade faz Luciana repensar em abrir mão do mandato. A pressão de seu esposo não deixa ela a vontade e obriga a passar por maus lençóis a troco do poderio do erário púbico.
Em banca rota os dias vão se passando e nada de bom acontece, são desafetos e descontentamento dos mais próximos que nem se quer recebem seus vencimentos, como secretários e diretores.
Os vereadores da situação assistem tudo e cruzam os braços nem um conselho conseguem convencer que é preciso ajustar o município para funcionar e andar pra frente. 
A volta de Adjano Bezerra para tomar conta do cofre em parte saneia o crédito para chegar o combustível, a merenda e os medicamentos aparecerem alguns na prateleira da farmácia, mas as obras e serviços não acontecem.
Para o eleitor comum essa página negra da estória precisa ser virada e não é com Luciana no Poder que possa mudar. A justiça se arrasta e deixa o desgoverno comer tudo e quando a decisão chegar não haverá sobras e nem cinzas pra reconstituir o tempo perdido. 

Nenhum comentário:

Últimas postagens

 

Follow by Email