segunda-feira, 10 de abril de 2017

100 DIAS já se foram...

VEREADORES DE OPOSIÇÃO QUEREM RELATÓRIO 

Já se foram cem dias de administração comandada pelo o PR de Aldivon Nascimento. A prefeita Lúcia Nascimento conseguiu a vitória no ultimo pleito municipal graças ao apoio obtido nos bastidores pelo o ex-prefeito Gilson Oliveira (PMDB), que soube oxigenar uma campanha que se arrastava sem partidos, sem  suporte que logo se robusteceu com a entrada do PTB, PMB, PMDB e PT, todos orientados pela então prefeita Luciana Oliveira. 
Hoje aos cem dias de gestão a atual prefeita fica na retaguarda, recebeu um presente de grego, no entanto, se mantem quieta e sem poder atirar pedras por ter se beneficiado. Por sorte, os trinta dias de Edson Barbosa(PV), foi a escapatória para  se agarrar nas criticas de não ter tido transição e nem ter a felicidade de receber integralmente a repatriação. Tudo desculpas esfarrapadas tendo em vista que o curto momento da gestão de 30 dias deixou um feito de benefícios e obras.
No campo geral os vereadores de oposição querem ter um espelho do que a prefeita recebeu e o que fez nesses seus cem dias. A ideia é debater e conhecer a realidade da administração que se esconde em mar revolto e não denota transparência.
No aspecto geral existem alguns engasgos que merecem respostas, como o reajuste negado aos servidores da educação, cujo sindicato percorre a via cruscis para obter uma resposta positiva. 
A saúde se abala por não ter a liberdade em agir como deve. Jania Freire, com toda competência se prende aos sinais da prefeita. E a saúde se asfixia cada instante. 

OBRAS E SERVIÇOS LIMITADOS 
A vontade voraz do seu secretário Arimateia Bolão se contenta em algumas pinturas de prédios, trocas de lampadas na zona rural, limpeza nos arredores da cidade e um feijão com arroz que não convence, apesar da vontade de fazer que detém.
Alguns falsos anúncios quebra a cobrança do povo apreensivo por benfeitorias... Suspeição de licitação de carros pipas para abastecimento em pleno inverno onde as cisternas transbordam na zona rural e o alto volume de recursos entregues a empresas daqui e de fora. 
O apadrinhamento foi a marca maior. Aldivon/Lúcia cumpriu bem a parceria com as siglas e loteia em grande escala os cargos da prefeitura, sem contar na criação de novos e pastas desobedecendo a crise que diz ter encontrado.
Muito tem que ser feito o futuro adiante pode até lhe oferecer respostas á um povo discrente, sofrido, mas esperançoso por dias melhores.

Nenhum comentário:

Últimas postagens

 

Follow by Email