terça-feira, 8 de setembro de 2015

Desalinhado

PARTIDOS DA PREFEITA NÃO FALAM A MESMA LÍNGUA
A base politica de Luciana ainda com todo desgaste mantem oito partidos e sete vereadores.


Todos os partidos que dão sustentação e foram recriados para amparar e agradar a prefeita Antônia Luciana(PMDB), estão iguais a canção "o samba do crioulo doido", sem sintonia e desafinado.
As investidas vultuosas não estão dando resultados como se esperava. A articulação só tem dado certo para o ex-vereador e líder das finanças, Adjano Bezerra(PMDB), que tem dado nó e desatado problemas para ampliar e garantir forças em uma vertente nova que é a sua cria.  o PSC- Partido Social Cristão.

O PT tem dito que não apóia a administração, no entanto, se embeleza com o Legislativo e freia as discussões que atacam a prefeita. O PSDB que vem sendo capitaneado pelo o presidente da Camara, Deivid Simão(PDT), não tem tido exito na busca de aliados e o partido tucano agoniza em suas mãos. 
O PSB desembarcou no governo com força e até aqui não trouxe nenhum Bezerra, apenas mantem silente o vereador do PR, Adauto Neto, que inclusive se nega a está perto da prefeita nos eventos. O procurador da Câmara, filho do vereador republicano cumpre por tabela seu oficio profissional como bom advogado que é.  E Adalberto Franklin maneja sua pasta social com maestria e pouco soma no quesito politico, pois, alguns dos poucos filiados migram para outros nichos. 

E o PDT de Sandro Bezerra aliado de primeira hora sofre retaliações do  ex´-prefeito Gilson Professor. e é sustentado na marra por Adjano Bezerra, e de quebra o pedetista tem outro projetos do partido com forças opostas a administração. 

O PROS que tem uma vereadora que se firma com a prefeita, no entanto, o dominio dessa sigla passa pelo o vereador Maninho(PMDB), que não anda lá muito feliz com a gestão. 
Já o PSC fala línguas estranhas mesmo se deliciando da prefeitura, o seu dirigente provisório, Kaio Sérgio, coreografo e hamburgueiro, usa as redes sociais  e o banco de sua lanchonete para sentar o pau nos politico tradicionais e ainda defenestrar os vereadores sem distinção, taxando-os  de oportunistas e  vagabundos que devem ser extirpados da politica por não fazerem nada. Imaginem a que ponto chegou a base da prefeita. Quem tem um aliado desses não precisa de inimigo.
O fedor de indignação cerca ainda os partidos periféricos como o PSDB e PRB que cooptam inquilinos e pré candidatos que não querem nem saber dessa estoria  do partido apoiar candidatura endossada pela prefeita. E tem gente se iludindo que estas siglas são livres...
Até o final deste mês a prefeita deve fazer uma geral e olhar no olho de cada um desses aliados e mandar as ordens, pois, passando o periodo de inscrição eleitoral cada um tem seu livre arbitrio nessa cinjuntura e se até lá a casa cair não sobrarar pedra sobre pedra. 

Nenhum comentário:

Últimas postagens

 

Follow by Email