quarta-feira, 13 de março de 2013

Em cima

Henrique defende fim da "mossorolização" do governo Rosalba



Com a nova reivindicação do deputado federal Henrique Eduardo Alves, presidente da Câmara Federal, feita na reunião de ontem, em Brasília, para que a governadora Rosalba Ciarlini, acabe com a “mossorolização” de seu governo, muita gente boa, deve ficar com as barbas de molho.

É que para atender ao aliado, a Rosa terá que exonerar aliados fiéis como Kátia Pinto, e o marido, Yuri Pinto; Fátima Moreira, e o marido, Álber Nóbrega; Obery Rodrigues, Anselmo Carvalho, Gilberto Jales e a própria cunhada, Isaura Amélia Rosado.

E não vamos nem incluir nessa listinha, o marido da governadora, chefe da Casa Civil e, quem manda - pelo menos por enquanto - no Governo do Estado, Carlos Augusto Rosado.

Todos estes são secretários estaduais da atual gestão.

Todos rosalbistas de primeira.

Todos que marcaram história a partir das administrações de Rosalba, como prefeita de Mossoró.

Eis o problema.

Nenhum comentário:

Últimas postagens

 

Follow by Email