sábado, 6 de novembro de 2010

Escândalos

MANCHETES DÃO CONTA DA CORRUPÇAO NO DNIT DO RN

Este Blog Link daqui A web
ADEUS, MINISTÉRIO

O sonho do deputado federal João Maia-PR de virar ministro dos transportes no governo Dilma, virou pesadelo, depois dos escândalos no DNIT no estado, dificilmente o ministério ficará nas mãos do PR, imagine com o parlamentar responsável pelas indicações do órgão no estado.

Postado por blogdochico-lima às 10:14 0 comentários

OPERAÇÃO " VIA ÁPIA " PODERÁ CHEGAR A OUTRAS RODOVIAS

O desvio de recursos destinados a execução das obras da BR 101 e o pagamento de propinas a diretores e funcionários do DNIT descoberto pela policia federal, coloca sob suspeita todas as obras realizadas nas rodovias federais que cortam o estado, quem não lembra do programa eleitoral do deputado federal João Maia-PR, que destacava a atuação do DNIT, órgão por ele controlado no estado, ele apareceu nas BRs 101, 226, 227, 304, 405 e 406. O deputado sempre citava, " graças ao nosso trabalho esta rodovia está sendo recuperada ".

Como costuma dizer o senador José Agripino: " Quem faz um cesto faz um cesteiro ".


ESCÂNDALOS FINANCEIROS, UM A MAIS UM A MENOS.....

A prisão do superintendente substituto do DNIT no estado, engenheiro Gledson Maia acusado de participar de um esquema de corrupção no órgão, é mais um capitulo da historia de escândalos financeiros envolvendo parentes do deputado federal João Maia-PR, o próprio parlamentar foi acusado, de possuir bens e não declarar a receita federal nem a justiça eleitoral, a mansão no lago sul em Brasília foi um desses bens, o caso virou noticia na grande imprensa, contra seu irmão o deputado distrital eleito Agaciel Maia, pesa a acusação de ter implantado no senado os famosos atos secretos na época em que foi diretor geral da casa, o cunhado do parlamentar o atual prefeito de São Gonçalo, Jaime Calado-PR foi responsável por um dos maiores escândalos financeiros do estado, quando presidiu a CAERN e fez um acordo no valor de 60 milhões de reais com a COSERN, acordo este ainda não esclarecido, e que o ministério público atendendo ao pedido do seu sucessor no órgão, continua investigando.
Então, um a mais um a menos.....


DESVIO DE VERBAS DA BR 101 PODE CHEGAR A 6 MILHÕES
A operação Via Ápia realizada pela policia federal na tarde de ontem em Natal, resultou na prisão de dois dirigentes do DNIT no estado, o superintende geral Fernando Rocha e o substituto Gledson Maia, e mais três funcionários do órgão no estado, além de dois donos de construtoras, eles são acusados pelo desvio de mais de 2 milhões de reais.
Durante coletiva realizada nesta manhã, o superintendente da Polícia Federal, Marcelo Mosele, o representante do Ministério Público Federal, Ronaldo Pinheiro, e o chefe da Controladoria Regional da União, Moacir de Oliveira, informaram que o desvio pode chegar a R$ 6 milhões dependendo das investigações. Esse valor é referente ao lote II da duplicação da BR-101, que compreende 60 km de obra.
Os representantes dos órgãos destacaram que os 60 km de obras na BR-101, correspondem 30 km de ida e 30 km de volta. O orçamento inicial girava em torno de R$ 172 milhões, mas foi alterado seis vezes, chegando a R$ 212 milhões.
Postado por blogdochico-lima às 15:33

                                       
                              Sábado, 6 de novembro de 2010 -  Postado: CBN - COSTA BRANCA NEWS
Escândalos antes e depois das eleições não alcançaram o projeto político de João Maia

JOÃO MAIA, DEPUTADO O deputado federal reeleito, João Maia (PR), não pode se queixar da sorte. Um dos campeões de votos nas eleições de 2010, no Rio Grande do Norte, o projeto de reeleição do parlamentar não foi alcançado pelos escândalos que envolveram familiares seus antes e depois da votação. Como o do irmão Agaciel Maia, afastado da função de diretor do Senado, cargo que exerceu por mais de uma década, sob pesadas acusações.

JOÃO MAIA, DEPUTADO FEDERAL REELEITO, TIO DE GLEDSON MAIA
O povo (eleitor) potiguar nem lembrou durante a campanha que Agaciel é irmão de João Maia. Aliás, lá em Brasília (DF) também não surtirem efeito as denúncias levantadas contra o ex-diretor do Senado, que se elegeu deputado distrital.
O que poderia ter mexido com o projeto político de João Maia nessa eleição, talvez tivesse sido esse escândalo que acaba de vir à tona, envolvendo o superintendente interino do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Gledson Maia, que é sobrinho de Agaciel e de João Maia.
Gledson Maia é acusado de participar de esquema de propina no DNIT
Este, sim, pinta como rolo grosso. Suspeita de recebimento de propina. Fala-se em desvio de muitos milhões de reais de obras rodoviárias executadas ou em execução, no Rio Grande do Norte.
Reeleito, João Maia de certa forma respira aliviado. Porque se o bafafá tem estourado no andamento da campanha eleitoral...


 
 
 
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Últimas postagens

 

Follow by Email