terça-feira, 19 de outubro de 2010

Rindo a toa

ALDIVON COMEMORA "ENTERRO" DA CPI 
Super feliz da vida! sorriso de orelha a orelha pela vitória em barrar a CPI na justiça.  Sem qualquer instrumento em mãos  que pudesse provar que a comissão caminhava errada, sem subsidios ou razões convicentes, conseguiu a vitória de abortar e ainda distituir a CPI para que não caminhasse e percorresse seu caminho cheio de podres e sujeira, sobra do lixo escondido no tapete. Sua façanha desmoralizou a Câmara e enterrou os vereadores que vibram pela morte da democracia em Baraúna. Ele se abastecesse do jargão: Triste do poder que não pode. Deu um tapa na cara dos representantes do povo...gozou das pessoas e ainda  cospe pra cima comemorando a fedentina.
Se está certo ou errado, eu não sei. Só sei que suas peripécias deram certo:
  • Fez ata do PMDB pagando sua publicação pelo gabinete;
  • Usou da força bruta, quando lavrou ata do PR castrando os seus vereadores;
  • Obrigou ao vereador Nerivan Claúdio sair da comissão;
  • Gerou prejuizo financeiro e moral ao Poder Legislativo;
  • Tentou sobornar o presidente da Câmara, Marquinhos Churrasco, que afirmou ter sido assediado com dinheiro(garante que gravou o ato);
  • Atestou sua culpa quando ajudou a abortar CPI;
  • Comemorou a derrubada de um grande problema na sua vida, a CPI do Lixo;
  • Zomba da cara dos baraunenses e rir a toa em nome do poder.
 De fato -  20/10
Vereador do PV diz que não tem como formar a CPI
Ontem, o vereador Edson Barbosa, do PV, estava desolado. Segundo ele, a CPI do Lixo provavelmente não vai investigar o contrato da Prefeitura com a Empresa Aquaparq. "Ficamos sem ter legalmente como formar a comissão para realizar os trabalhos", diz Edson Barbosa.
O presidente da Câmara, Marquinhos Churrasco, disse ontem à tarde que naquele momento estava consultando os assessores jurídicos para saber o que fazer. Acrescentou que não sabia o que fazer para formar a comissão, se o PMDB e o PR não indicarem os membros.
"Se a legislação permitisse, eu conduziria sozinho esta CPI do Lixo e deixava tudo esclarecido à população de Baraúna", destaca o vereador Edson Barbosa, acrescentando que no caso a população deveria cobrar que os vereadores do PMDB e do PR cumpram o dever como vereador.

DESINTERESSE - Os vereadores Flãvio Matias, Adauto Neto e Neusa Oliveira, todos do PR, partido do prefeito não terão neuhum interesse de continuar a CPI, uma vez que o seu partido já definiu pela não colaboração com a comissão. O PMDB que tem as vereadoras Divanise Alves, Ritinha Bezerra e Sirléia Lopes, apenas Sirleia se dispõe a ajudar a desvendar esse mistério do lixo. Se não ha interesse  como a CPI vai andar? Jogam para o papel da ação popular, acreditando que a justiça levará anos para definir a situação, enquanto a CPI daria celeridade total as investigações.  Só isso.


Nenhum comentário:

Últimas postagens

 

Follow by Email